Portal da Prefeitura Municipal de Rosário do Catete - Notícia

Povoado Siririzinho na Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo

09/08/2018 22:10:00    Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação Social

SECOM/Igor Dias

SECOM/Igor Dias

A Prefeitura de Rosário do Catete, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está mobilizando a população para Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo. A abertura oficial da ação no município aconteceu na manhã de hoje (9), na Unidade de Saúde Nossa Senhora Santana, em Siririzinho. 

A camapanha nacional tem como público-alvo crianças de 1 até 5 anos de idade e vai até o final do mês, já a vacina contra o sarampo fica disponível o ano inteiro nos postos de saúde. De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, Graça Barreto, a estratégia criada para este ano tem o objetivo de elevar a cobertura vacinal contra as doenças no município.

Para destacar a importância desta imunização, durante a mobilização, além da equipe da Secretaria Municipal de Saúde, estavam presentes colaboradores da administração municipal e o prefeito Etelvino Barreto.

Até agora, 70 crianças foram vacinadas no povoado:
01 ano: 14 crianças 
02 anos: 07 crianças 
03 anos: 11 crianças 
04 anos: 38 crianças 

Sobre a Pólio
A Poliomielite, também chamada de pólio ou paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus. É uma doença altamente infecciosa e afeta principalmente crianças menores de cinco anos de idade.
O vírus da pólio, geralmente contraído pela ingestão de água contaminada, ataca o sistema nervoso e pode levar à paralisia. Embora não haja cura, a pólio pode ser prevenida pela vacina.
As campanhas contra poliomielite foram iniciadas em 1980, estando o país livre da doença desde1990. O último caso de poliomielite no Brasil ocorreu em 1989.
O sarampo
Desde abril de 2018, a Organização Mundial de Saúde - OMS emite alerta sobre a volta do sarampo em dez países das Américas: Brasil, Argentina, Equador, Canadá, Estados Unidos, Guatemala, México, Peru, Antígua e Barbuda, Colômbia e Venezuela.
E não é só nas Américas - em 2017, a Europa registrou mais de 21 mil casos de sarampo, com 35 mortes, um aumento de quase 400% nos casos em relação ao ano anterior.

Palavras-Chave: saúde, campanha, povoado

Fotos